Tag Archives: Donde na mídia

A gente não quer só bobiça

28 mar

.

Na semana passada fomos convidadas pela repórter do DC Cristina Vieira pra falar sério pelo menos uma vez na vida participar de uma série de reportagens sobre a mulher do futuro. Na última, publicada nesse domingo no Donna DC, nosso objetivo era falar sobre a mulher na cultura.

A íntegra da reportagem (com direito a vídeo embaraçoso no final) você pode ler aqui. Mas achamos que a entrevista nos deu a oportunidade de discutir temas tão bacanas que decidimos publicar nossa parte aqui no Donde, ó:

Pagando de meninas sérias, em foto do ótimo Henrique Pereira

1 – Imaginem o ano de 2040. Como vcs acham que as mulheres vão se vestir? Como será a relação com moda? Menos submissas às tendências ou ainda mais escravas?

A tendência é as pessoas ficarem cada vez mais individualistas, adaptáveis, migratórias. Isso significa que elas não estarão presas a um estilo só ou ao que é ditado pela moda. Fala-se até na extinção das tendências, e nós acreditamos nisso. Cada vez mais o bacana é ser diferente, original. Isso já virou um clichê enorme, mas é verdade: as pessoas não querem mais ser rotuladas como parte de um “grupo”, uma “tribo”. Querem ser únicas, e daqui a 30 anos vão ter mais liberdade pra fazer suas escolhas.

2 – Falando de artes (música, cinema, literatura), que tipo de paradigmas vocês acreditam que precisamos quebrar?

O de que “as pessoas daqui estão querendo copiar o que vem de fora”. Que “a moda brasileira não é autêntica porque não tem identidade brasileira”, assim como a música, o cinema, etc. Temos uma identidade mundial – o que é ainda melhor. O que acontece é que estamos todos em pé de igualdade – de informação, de sensibilidade. E é natural sentir as mesmas coisas, e consequentemente, produzir parecido. O inconsciente coletivo vai além da nossa fronteira.

.

3 – Acreditam que teremos uma produção artística direcionada ao público feminino?

Esperamos que não. Achamos bobagem segregar “feminino x masculino”, “gueto x mainstream”, “coisa de viado x coisa de hetero”, etc. Ainda mais em se tratando de produção artística, quanto mais intercâmbio, quanto mais mistura houver, melhor. A arte tem que ser feita por pessoas e pra pessoas – não para “mulheres”. É isso que fazemos com o Donde, inclusive. Apesar muitos dos temas serem aparentemente do universo feminino, nosso publico não é só esse. Temos muitos homens, héteros, “machos”, lendo e comentando por lá. Temas como design, fotografia, arte e comportamento, são universais.

4 – E vocês, blogueiras, em que lugar imaginam estar daqui a 30 anos?

Em 30 anos os blogs já vão ter desaparecido ou evoluído pra alguma coisa completamente diferente, que nem imaginamos agora. E o Donde vai estar em outra plataforma – ou não, quem vai saber? O fato é que hoje em dia qualquer um pode produzir conteúdo. Isso foi revolucionário, mas acabou gerando um bombardeio de informações superficiais, repetitivas, óbvias. O que provavelmente teremos é uma volta da valorização dos profissionais, o crédito a quem sabe do que está falando. E esse será o nosso fin~ Tomara que a gente esteja nesse grupo.

.

Viu mãe, a gente sabe falar sério também!

Agora, de volta à nossa programação normal.

.

Bia et Julie

Anúncios

Holger tá voltando!

21 jan

~~~~

A Baratinha apresenta:

Neste verão a Holger (SP) volta pra apresentar o seu primeiro albúm “Sunga”.
Cassim e Barbária pra começar, e discotecagem de Cudinho & Fabecha e Ju Baratieri

Serviço:
Holger <<<www.myspace.com/myholger>>>
Cassim e Barbária <<<www.myspace.com/cassimebarbaria>>>

Djs
<<<Cudinho e Fabecha>>>
<<<Ju Baratieri>>>

R$20
23hrs
22.01

.

Julie

O Donde é #Outros500

7 jan

.

Há algum tempo recebemos um convite muito bacana e agora o Donde agora faz parte do projeto Outros 500, do Multishow!

Má ôe, o que seria issoam?

Segundo eles, esse projeto é “uma experiência de inteligência coletiva que apresenta uma nova forma de interação entre TV e internet” com o objetivo de divulgar a nova geração de entretenimento” (quem, nóis?).

Será um grupo formado por (agora segura essa) “autoridades em assuntos como comportamento, viagem, humor, sexo e música. Mas que trocam ideias e colaboram para criar uma nova proposta: uma interação entre a televisão e internet”.

Rá! Quer dizer que agora a gente é “autoridade em assuntos como comportamento, viagem, humor, sexo e música”? Bêjo, Multishow!

Pra entender melhor, vale mais assistir a esse vídeo bonitinho aqui:

Entendeu?

Entonces, para ter acesso ao conteúdo, vocês podem acessar o site www.outros500.tv ou procurar no Twitter por #outros500!

Olha, a gente sabe que tem alguma coisa muito errada nesse mundo quando o Donde vira autoridade em alguma coisa, néam?

Mas vamos confessar que estamos felizonas curtindo isso por aqui ;)

 

 

.

Bia eu Julie

Descompromissadas na Naipe

6 jan

.

1- Pegue sua edição da Revista Naipe deste mês

2- Abra na página 20

3- Tcharam! Aproveite nossas dicas “espirituosas” de peças indispensáveis pra esse verão. Rá!

 

Tá, a parte sobre DDD e Skype não foram escritas por nós. A gente até finge que é nerd, mas tudo na vida tem limite.

.

Bia

Esses jornalistas sabem das coisas

20 out

.

Marquinhos Espíndola e Renê Muller já deram a dica lá no Contraversão:

 

 

Sem mais,

 

.

Bia

É o Donde influenciando teenagers por aí

20 maio

.

No mês passado fiquei nude honrada ao ser convidada a dar uma “mini entrevista” para a revista It’s em nome do Donde.

Na época, a repórter Melina Savi me mandou um email muito fofo que dizia assim:

“Percebo no blog de vocês uma vibe meio The Face Hunter, The Cobra Snake, The Sartorialist, mas vocês têm o trunfo de serem de Floripa. Em outras edições da revista já mencionei vários blogs de moda pros teens, como o Le Blog de Betty, o Lookbook.nu e tal porque acho essencial dar referências que não sejam nem mesmo que milimetricamente associadas às Geisis da vida (haha). Vocês, na minha opinião, são essa referência aqui em Floripa.”

Eita! Quem teria coragem de não dar entrevista depois de uma cantada dessas, hein Brasil? Quem?

.

Agora saiu a publicação, espia:

 

.

.

 

Exageros à parte (né? a gente reconhece), adoramos a entrevista! E esperamos de verdade que as dicas que a gente apresenta aqui ajudem alguém a ser mais livre na hora de brincar com a moda. Porque ela taí pra isso, viu?

.

Bia

Tão falando da gente por aí…

26 fev

Bem legal esse negócio de bluóg. A gente acaba conhecendo bastante gente bacana:

Aiê Fashion Blog

.

Muito prazer, Thiago! Vem ser nosso amigo, vamo pra buáti! A gente vai te sufocar de amor!

.

Bia

%d blogueiros gostam disto: