Tag Archives: ideias

New York Lovers – parte 1

18 maio

.

“Encontrar num outro parecido, ou num outro muito diferente, o amor.

Nova York junta chinesa com inglês, jamaicano com espanhola, americana com canadense, inglês com alemã, irlândes com húngara, homens com homens, mulheres com mulheres.

Amor do mundo todo, de todo jeito, de um jeito que não tem em nenhum outro lugar do mundo.”

.

.

“Fiquei apaixonada. e comecei a registrar. New York Lovers é o meu projeto para as aulas de fotografia documental. O amor à diversidade. O amor à liberdade. O amor por essa cidade. O meu amor pela fotografia.”

Esse amor todo (e o projeto bonito) é da Elisa Mendes.

.

Bia

Anúncios

Vida adulta

18 maio

.

.

Afinal, ser adulto deve ter alguma vantagem.

.

Bia

Xadrez + xadrez = Xucro

16 maio

.

.

Adiciona tatoo, 3 mnutos, veb0linah, serve agosto.

.

Bia

Riot grrrrrrl quando cresce

16 maio

.

Eu lembro que quando era criança, olhava os “adolescentes revoltados” do colégio e pensava: “Eba, não vejo a hora de crescer e ser assim! Mas porra, será que eu vou ser obrigada a pintar o cabelo de uma cor ridícula, tipo rosa pink, que nem eles? Que merda.” (mas não, eu não usava  palavrões assim)

Enfim: eu era uma piveta duns 9 anos de idade e já sabia que cabelo colorido não é uma boa ideia.

Sempre lembro disso quando vejo fotos da Katie Shillingford, editora de moda da Dazed & Confused em Londres e uma das responsáveis  pela onda do cabelo colorido que tem reaparecido por aí. Ela é a grande prova de que dá pra usar de tudo nessa vida se você souber como.

.

.

Ah, se pelo menos os adolescentes revoltados se vestissem assim…

.

.

.

Bia

Artcore Hardcore

11 maio

.

Há que se esforçar um pouco e pesquisar para saber o que tem de bacana acontecendo no mundo. Um dos sites que podem te ajudar com isso é o Urban Artcore. Conhece?

É um jornal online que fala sobre tudo que acontece no mundo da street art. Em uma das notícias, por exemplo, eles narram como os cidadãos de grandes cidades como Los Angeles passaram a proteger a arte de rua local com vidro sobre os murais, para que elas não se deteriorem com o tempo.

O bacana é que, além de ler a reportagem, dá para assistir a vídeos legais, como o feito pelo maior documentarista de arte de rua, Ruedi One. Em outro post, eles dão uma dica de leitura: o livro All City Writers, só sobre grafite. E por aí vai…

O site é uma belezinha de navegar,  dividido por tópicos específicos como artistas, pintura, esporte, parkour, stencil ou livros. Vai .

.

Bia

Você também sofre de bitchface crônica?

11 maio

Eu to feliz, é que é por dentro, poxa.

.

Bia

Heads will roll

9 maio

.

Decapitar coelhinhas da playboy, o elenco de High School Musical da Disney, Sarah Jessica Parker e até mesmo o pobre sapinho verde Caco, dos Muppets.

Nem que seja só de forma figurada, transformando peças publicitárias em arte subversiva.

O estilo irreverente e perturbador do artista de rua “The Decapitator” já ganhou as páginas da revista ‘Wired’, do ‘The Guardian’, ‘ADBusters’ e inúmeros outros veículos internacionais. E não é pra menos, o trabalho do cara é muito legal mesmo:

Uma de suas ações mais famosas foi o seqüestro de centenas de exemplares do ‘London Paper’, um jornal gratuito londrino, e a alteração de sua contracapa, decapitando um anúncio do astro do futebol David Beckham. Rá:

Apesar de ter ganhado fama no começo do ano passado, o Decapitator continua na ativa, fazendo vítimas por aí e postando tudo em seu flickr.

.

Bia

%d blogueiros gostam disto: