Lomo-filia

18 fev

.

De uns anos para cá, a  lomografia virou febre mundo afora. Começou espontaneamente nos anos 90 e acabou tomando proporções de um movimento internacional sociocultural.

Ou “coisa de mudérno”, como você preferir.

.

.

A culpa é da Lomo, câmera criada em 1982, originalmente para ser popular. Porém, por conta das lentes que criam efeitos psicodélicos e de sua capacidade de fotografar com pouca luz, não à toa as tais máquinas de origem russa viraram febre. E se a gente acha bacana agora, imagina em uma época em que nego nem sonhava com photoshop?

.

.

A lomografia como técnica fotográfica surgiu na República Tcheca, durante os anos 90 – uma invenção de dois estudantes de Viena que estavam de férias e saíram fotografando por aí com uma Lomo Kompact Automat.

Eles só não poderiam prever que o resultado ficaria tão legal com cores saturadas, borrões, luzes em movimento, imagens desfocadas e efeitos lisérgicos. Coisa que só era possível com uma Lomo até então (algumas têm quatro lentes, uma sobre a outra). Pois bem, a dupla gostou tanto que espalhou a notícia e, logo, um monte de artistas aderiu.

.

.

No final das contas, o termo “Lomografia” acabou tendo o significado do ato de fotografar sem pensar demais, ignorando as regras estabelecidas do que seria “boa” fotografia.

.

É minha gente, foto do Donde com câmera digital é coisa do passado.

E aproveitando essa febre de lomografia (que é uma graça),  ‘Adílson, o Júnior‘ tá preparando um projeto bacana envolvendo lomos e buátis. Já já a gente te explica melhor essa história.

Bêjo, sô puro mistério.

 

 

 

.

Bia

10 Respostas to “Lomo-filia”

  1. 2manyparties 18 de fevereiro de 2011 às 2:51 pm #

    muito boa a abordagem didático-introdutória à história e princípios da lomografia. fiquei no suspense aqui também… hahahaha! valeu, meninas :)

  2. mafra 18 de fevereiro de 2011 às 5:10 pm #

    uepa!

    lindas imagens. adoro lomo e conheci a partir do trabalho da fotógrafa débora kempous (http://www.facebook.com/profile.php?id=100001121367755) conhecem?!?

    ela fez uma exposição com seus trabalhos há uns dois anos atraás…

    • donde estás corazón? 18 de fevereiro de 2011 às 6:08 pm #

      Ai! Eu conhecia a Débora mas não sabia dessa exposição! Hahahaha ê vida… valeu a dica, Mafra ;}

      • Débora K. 19 de fevereiro de 2011 às 5:52 pm #

        ei, gentem, sou pop! hehehe
        que honra ver meu nome citado neste ilustríssimo blog, de que sou leitora assídua! mas esqueçam o link pro meu feicibúque que o mafra passou, as fotos com lomo estão aqui ó: http://www.flickr.com/deborak. e quem quiser bater um papo sobre lomografia, me manda um imeiou, porque como é o tema da minha dissertação de mestrado, é o assunto que tem ocupado meus pensamentos ultimamente.
        beijos!

      • donde estás corazón? 19 de fevereiro de 2011 às 7:10 pm #

        <3 <3 <3

        Lindas fotos!

  3. Débora Rossetto 19 de fevereiro de 2011 às 10:52 am #

    Adilson, o Júnior

    HAHAHAHAHAHHAHAHAHA

    ai, Bia.
    (ou como extrair graça de tudo ou de nada)

  4. Yasmine 20 de fevereiro de 2011 às 6:51 pm #

    Ontem mesmo dei uma Fisheye de presente para meu namorado. Pena que não deu para participar da festa!
    Beijo,
    Yasmine

Trackbacks/Pingbacks

  1. Lomo + Buáti = Vertigo « donde estás corazón? - 18 de fevereiro de 2011

    […] Falando em Lomografia… […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: