Garimpo Korova

20 maio

Caro leitor,

Sim, você mesmo. Você que acorda e vem com a canequinha de café com adoçante, todos os dias bater ponto na nossa casinha virtual, é uma pessoa bem instruída (acreditamos) e ryca na sabedoria. Portanto, gosta de ler.

E com certeza, já ouviu falar da coleção “Cartas a um Jovem. Uma série de livros inaugurada em 2004 cujo princípio é apresentar uma visão crítica e profunda de uma área de atuação profissional, com base na vivência dos autores e blá blá blá blá. Certo?

.

Tem tudo isso na biblioteca do Ceart.

.

Pois bem, agora a notícia incrível que a gente veio dar é o último lançamento dessa coleção. Espia:

"Cartas a um jovem garimpeiro - Ou o que você não sabe sobre a Garagem Korova"

.

Ok, ok. É pegadinha das malandras. Mas que daria um bom livro, daria. Pour quoi?

Porque todo ano, a Débora e o maridón Rafa Korova viajam a NY pra pesquisar as peças mais bacanas e vender na ótema Garagem Korova. Conversamos com ela para saber mais sobre o processo de garimpar essas novidades, selecionar o que vai ser vendido aqui e escolher o que vai ser usado por 90% das pessoas que são alguém na noitche por aqui.

.

” Cada viagem é uma incógnita, apesar de que, agora, já com uma certa experiência, as coisas se tornem um pouco mais fáceis – já conhecemos lojas legais, por exemplo, e temos mais manhas na hora de negociar.”

Chapeuzinho Azul procura Lobo Chucro pra chamar de seu

Nunca planejamos com antecedência o que trazer, no máximo temos na cabeça algo do tipo: “ah, camisas xadrez estão vendendo bem, se encontrarmos…“.

Com carinha de achado de brechó

A escolha das peças depende de vários fatores: encontrá-las, claro, mas também analisar se o que está valendo é o gosto pessoal ou o lado comercial. Algumas das peças são apostas pessoais, outras se guiam por questões como o que é tendência ou ainda, do que vende, mesmo que não gostemos tanto. Outra questão importante é o preço da peça, levando em conta que precisamos fazer a conversão monetária e ainda ter algum lucro.”

Vide post "Animal Tees"

“De qualquer forma, é muito gostoso o momento da escolha, a dúvida (“será que as pessoas vão gostar?”), depois trazer e fotografar, ver como fica no corpo de outras pessoas, divulgar as fotos, ver as araras cheias de peças que aqui não se encontra, receber comentários positivos, ver as peças vendendo…”
 

Cetim riqueza oversized

  

” As peças mais bem-sucedidas até hoje foram os lenços palestinos – tendência que descobrimos no tempo exato e agora está completamente esgotada – e os óculos Wafer (réplica do Wayfarer, da Ray Ban), sendo que os óculos ainda vendem, apesar de já termos pensado que eles também passariam.”

A febre do Wayferer não vai passar nunca mais?

 

“Camisas xadrez, tanto masculinas quanto femininas, e camisetas estampadas de marcas que adoramos como Junk Food e Local Celebrity sempre valem a pena. Já as outras peças são tiro no escuro – e nos demos mal muitas vezes, apostando em coisas que ninguém quis comprar. Mas há alguns parâmetros: os homens são menos ousados, a maioria só usa camiseta (no máximo uma camisa) e moletom, nada de inovação na modelagem… Já no feminino dá pra apostar um pouco mais…”

 
 

 

Sinatra malandrage prisioneiro vida loka

 

Basiquinha de ombreiras - beijo no ombro!

Camiseta de banda: ítem básico no armário de qualquer serumâno

Garimpar é um processo bem diferente de produzir, e é vantajoso pra gente (pois abrimos nossos horizontes) e pros clientes (que sempre têm coisas novas pra ver).”

ROSSETO, Débora. Cartas a um jovem Garimpeiro: ou o que você não sabe sobre a Garagem Korova. 1ª edição. Florianópolis,  Só As Bunita Editores, 2010.

.

Bia et Julie

Anúncios

11 Respostas to “Garimpo Korova”

  1. jb 20 de maio de 2010 às 11:57 pm #

    acreditei por 2 segundos

  2. ju 21 de maio de 2010 às 12:00 am #

    A macacada hype reunida! Atóron ;)

  3. Lara 21 de maio de 2010 às 12:39 am #

    Camiseta do The Corrs velha e surrada tb conta? >< tah, eu não sou do mal #prontofalei

  4. Débora Rossetto 21 de maio de 2010 às 1:24 am #

    depois de já ter plantado uma árvore e de estar grávida, acho que só me resta escrever um livro mesmo. vou investir.

  5. Rica 21 de maio de 2010 às 10:43 am #

    uma das matérias que mais gostei. ;-)

  6. 2manyparties 21 de maio de 2010 às 5:07 pm #

    junk food é demais! e tôu com o Rica, matéria super-supimpa (y).

  7. Paola 21 de maio de 2010 às 5:45 pm #

    Como é que eu não conhecia essa marca antes? Adorei! Obrigada mil vezes por mostrarem ela aqui. Já apaixonada por umas 5 peças, hehehehe!

    Beijos da Paola.

  8. Débora Cami 21 de maio de 2010 às 8:47 pm #

    Muito boa a montagem do livro!! Só vocês mesmo, meninas… me divirto muito rsrsrsr

  9. paulie 21 de maio de 2010 às 9:03 pm #

    ótemo!!

  10. Marianna 24 de maio de 2010 às 2:39 pm #

    I LUV KOROVA!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: